segunda-feira, outubro 22, 2007

Guggenheim de Bilbao - o brilho do titânio

Guggenheim de Bilbao fez dez anos na passada sexta-feira e a cidade mobilizou-se para assistir ao extraordinário fogo de artifício realizado para honrar essa data. O Edifício do Museu Guggenheim Bilbao é um magnífico exemplo da arquitectura vanguardista e audaz do séc. XX. Frank O. Gehry, foi o seu arquitecto e confessa que no acto da sua concepção e desenho deixou a mão seguir um caminho sem sequer olhar para o desenho. Eu acredito nisso. Composto por uma série de volumes interconectados, uns de forma ortogonal recobertos de pedra, outros curvos e retorcidos cobertos de titânio. Estes volumes se combinam com muros de vidro. O efeito é este deslumbramento.
Bilbao também não esquece que foi este Museu maravilhoso que a colocou, definitivamente no mapa do turismo, como uma das cidades mais procuradas da Europa, e cujo perfil e silhueta varia conforme o ângulo ou a luz a que se é olhado. À medida em que vamos andando de roda do edifício, tentando perceber os seus contornos, verificamos que é difícil retirar os nossos olhos deste colosso, que atrai a nossa atenção como um íman.

Fotos - LM

Etiquetas:

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Parabens ao Luis pelas fotos!
PMasson

3:57 da tarde  
Blogger Toni said...

É um edifício maravilhoso e a sua construção mexeu com o PiB espanhol.

O arquitecto é o mesmo que fez o proibitivo projecto do futuro parque mayer...

9:10 da tarde  
Anonymous mitó said...

Palavras para quê, Luis? As imagens...!
Bem, bem, não menosprezemos o texto...

9:05 da tarde  
Blogger frosado said...

Eu e o Luís agradecemos. :)

7:45 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home