domingo, novembro 02, 2008

Obama - yes we can

É emocionante ver, que praticamente, o mundo inteiro, deseja a eleição de Obama, mas a maior expectativa vem dos povos de África. Aqueles povos, de certa forma, sentem-se identificados com o Candidato Afro- Americano. Ontem vimos o nosso amigo Ricardo Mota, no Quénia, onde o entusiasmo, por razões óbvias, dadas as origem do candidato, é absolutamente fantástico.

Etiquetas:

13 Comments:

Anonymous Anónimo said...

E o que será que os povos do Afeganistão, Coreia do Norte, Paquistão e Rússia vão pensar dele um ano depois, se ele for eleito?
Esperemos!

2:32 da tarde  
Anonymous carmélio said...

O acima sou eu.

2:32 da tarde  
Blogger Rui Coutinho said...

Eu quero que Obama ganhe, mas temo pelo balde de água fria.

4:42 da tarde  
Anonymous José Socrates said...

Melhor...melhor...era se fosse uma MULHER negra..mas mesmo negra (tipo do benim), separada, com tres filhos bastardos e que ja tivesse queimado soutiens....era o(a) candidato(a) ideal...

8:11 da tarde  
Anonymous mitó said...

josé socrates
Parece-me que não era preciso tanta desgraça!!!... Não bastava ser MULHER?

Maracujá
Como sabes,históricamente, a diferença entre "democratas" e "republicanos" não é grande. Penso que o mundo tem esperança numa mudança (até os próprios americanos que conseguiram votar duas vezes no homem que arrasou o planeta...).
Prepara o balde! E, como estamos em época de poupança, conserva-o para o que vier por cá.
Pensando melhor...Acho que já não há balde que nos atinja!

10:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Realmente é muita desgraça junta,por via das duvidas já comprei um balde enorme

12:15 da tarde  
Blogger Rui Coutinho said...

Mitó

No dia 30 de Outubro, noutro blog, eu escrevi este comentário:

"Eu votaria Obama, mas desiludam-se os que pensam que a América vai mudar as suas políticas musculadas (basta ver a história recente dos presidentes democratas).
Aliás, o Embaixador dos EU em Portugal disse algo parecido com isso num encontro em Coimbra."

Como vês, eu não estou iludido, mas penso que é tempo de novos ares.
Obama pode vir a ser um grande flop, é verdade, mas se não admitirmos que ele pode trazer mudanças, então é melhor entregar os Estados Unidos a uma daquelas igrejas (ou lá que porra é que se pode chamar àquilo) que falam de deuses c'ma peidos ao cú.

3:03 da tarde  
Anonymous carmélio said...

Esta amanhã já houve merda com o Paquistão.

Mitó,
Não esqueçamos que o homem que arrasou o planeta teve o apoio dos portugueses.(Ver a cimeira na Terceira antes do Iraque ser invadido)

5:16 da tarde  
Blogger Rui Coutinho said...

Carmélio
Desculpe. Teve o apoio de alguns portugueses. Como não teve de muito americanos, espanhóis e ingleses.

7:17 da tarde  
Anonymous mitó said...

Maracujá
Estou em completa sintonia contigo. E, pela minha parte, ainda há mais - ele é “tante lindinhe”!... -

(O último parágrafo é mesmo teu!) :D

carmélio
Um ligeirinho deslize dos nossos governantes...

11:22 da tarde  
Anonymous carmélio said...

Deslize ou maneira de ir para manda-chuva dos Estados Unidos da Europa?

12:47 da tarde  
Anonymous carmélio said...

Deslize ou que se lixe o país porque eu agora tenho uma possibilidade de ir para manda-chuva dos Estados Unidos da Europa, tal como aocnteceu?

12:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

São pequenos gestos como este que fazem a diferença. Obgdo Fátima, obgdo Monte, bem hajam.
Um abraço do Índico.

1:56 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home