terça-feira, novembro 04, 2008

Obama- o mundo espera

7 Comments:

Anonymous carmélio said...

Bem, esta está um bocadinho melhor que a anterior. Vejam como até os analistas militares portugueses insistem em falar no Paquistão, no Afeganistão, e claro, depois é a Rússia, que continua a ser um espinha na garganta europeia e na sociedade de consumo do Wild Wild World que a China abraçou.

12:55 da tarde  
Anonymous carmélio said...

Queria dizer "West" e não "World."

4:32 da tarde  
Anonymous mitó said...

Cartoon espectacular!

carmélio
"Quer-me parecer" que a espinha já esteve mais encravada...

6:37 da tarde  
Anonymous carmélio said...

Mitó,

Ficamos a saber que havia uma espinha encravada quando a Câmara do Comércio de Nova Iorque aconselhou a invasão do Iraque.
A gringada cá do sítio pensou que a melhor maneira de "ocidentalizar" a outra parte era começando por lá, visto no Egipto e outros países amigos já conheciam a Coca-cola e os "sneakers". O tiro saíu pela culatra!
Há agora que mudar de táctica mas a estratégia é a mesma: ocidentalizar para exportar.
(Não é a mesma da Europa quando aumenta os seus membros...... exportar os seus produtos e tirar vantagem de mão-de-obra barata?!)
Veremos a partir de amanhã: muitas côdeas de pão-de-milho vão ser precisas para desencravar esta espinha, cada vez mais encravada.
E tudo isto porquê?
“A razão última de todas as crises reais é sempre a pobreza e a limitação do consumo das massas frente à tendência da produção capitalista desenvolver as forças produtivas como se não tivessem limites para além da capacidade absoluta de consumo da sociedade."Marx

7:35 da tarde  
Anonymous mitó said...

UUuuaaau, carmélio!
Referia-me, evidentemente e apenas, à espinha da Rússia na Europa...

Tenho dúvidas se é “ocidentalizar para exportar”. Sou capaz de afirmar que o único interesse é poder continuar a exportar material bélico!

"A razão última de todas as crises reais é sempre a pobreza..." Sim, a história é mestra ! Americanos em particular, mundo no geral, estão a viver e "sentir na pele" os efeitos da política dos "Donos do Mundo", personalizada em George W.Bush

The next... -> China!

8:48 da tarde  
Blogger Rui Caetano said...

Original

10:33 da tarde  
Anonymous Pedro said...

Caras novas ou suspeitos do costume?

De um lado, "McPain" o rebelde, militar sobrevivente do Vietname, e conservador americano, do outro, um afro-americano, que chegou há quatro anos ao Senado e é favorito para a Presidência Americana?!
Para um homem com estas características chegar onde chegou, tem de estar camuflado.
Aposto os dedos que tenho nas mãos que Obama é o inverso de Michael Jackson e desejo ardentemente estar enganado, quando digo "isto não vai prestar"! Vem aí ou uma Guerra Civil ou Mundial.

2:50 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home