sexta-feira, fevereiro 20, 2009

Óscares?

Creio que todos os anos se diz o mesmo, mas, este ano, vai ser mesmo difícil a escolha.
Eu, analfabeta de Pai e Mãe, em questões de cinema, mas espectadora de muitos filmes (tenho cartão Medeia), divido-me entre estes dois, para mais de uma estatueta:
este , adorei, achei fantástico e original e este absolutamente visceral. A não perder, nenhum dos dois.

Etiquetas:

3 Comments:

Blogger badanices said...

Realmente este ano a escolha não é fácil. O que é bom: é sinal que houve bom cinema. Alguma coisa que nos anime.

8:09 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

para ser franca dos filmes k vi não consigo pensar num vencedor para melhor filme. em contrapartida, há inúmeros filmes com interpetações excelentes quer de actores quer de actrizes. penso que pela estranheza da mistura dos ingredientes, às vezes realmente bem conseguida, outras de uma evidência redutora e pobre, será o segundo k referes.
estou cheia de curiosidade pelo tal wrestler k, seundo li, é muito, muito bom.

8:37 da tarde  
Blogger Serpa said...

Filmes há como chapéus...

Mickey Rourke merecia o seu. Mais do que Sean, que já lá esteve, ou Bradd que lá estará.

Bollywood invadiu-nos como a India invadirá o futuro.

Heath Ledger, da minha geração, provocara a reação do costume. Pôs fim à sua vida.

Num filme confuso, longo e estúpido, Heath conseguiu estar a par de Jack Nicholson, no papel de Joker, um psicopata inteligente e doente, salvou o filme e deu-lhe brio.

O protegido de Mel Gibson, sofria de problemas familiares e de adaptabilidade em Nova Iorque, e nunca conseguira adapatar-se à Cidade dos Anjos, algo que será ainda mais difícil.

Espero, que paire por lá, pois esta cidade (e o país) bem precisa deles.

3:21 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home