domingo, janeiro 31, 2010

Korda

Ontem, mesmo no último dia, fui ver a exposição do Korda. Tinha um belíssimo decumentário, já sem falar das fantásticas fotos. Adorei. Estava lá um painel a dizer que ele morreu em Paris, de enfarte, com setenta e dois anos, ao lado duma garrafa de Rum e uma rapariga Cubana de 22 anos. Quando foi sepultado em Cuba, cinco dias depois, Fidel ao acompanhar o funeral, quis saber como ele tinha morrido realmente. Contaram-lhe. Ele
disse: esse é o Korda que eu sempre conheci!
Uma Uma das fotos que mais gostei de ver, foi a de uma menina a embalar um bocado de madeira como se fosse uma boneca. Nunca tinha tido uma boneca.
Nota: a foto de Che Guevara feita por ele, é a fotografia mais reproduzida no mundo. Ele orgulhava-se disso.

Etiquetas:

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Não sou "expert" de fotos, mas gosto muito das do Korda. Mas Che Guevara é um dos meus heróis e é sempre um prazer revê-lo nessa bela foto. Alguém me sabe dizer porque acabou a bienal de fotos de Coimbra?????
M.I.

12:06 da manhã  

Publicar um comentário

<< Home