segunda-feira, março 26, 2007

Mário Soares não foi convidado pelo actual Presidente da República

para comemorar os 50 anos de Portugal na Europa. Acho isso uma mesquinhice como outra qualquer e apesar de nem sempre concordar com Soares, toda a gente sabe que ele é uma figura incontornável da adesão de Portugal à CEE. Cavaco Silva podia ter dado um bom exemplo de Democracia e Urbanidade, mas preferiu ficar igualzinho a ele mesmo, ou seja, cavaco. Ora leia aqui e também aqui...

4 Comments:

Blogger Rui Coutinho said...

O Sr. Soares já se tinha portado mal na posse do Sr. Silva e, à cautela, este deixou-o de forma.
Enfim, não se tratava de um servidor do Estado com papel preponderante na adesão de Portugal à CE.

3:57 da tarde  
Blogger e-pá! said...

... ódios de estimação

11:27 da manhã  
Anonymous mitó said...

Entramos na rubrica "politicamente incorreto"

Maracujá:
Desta feita não concordo contigo. Quer se goste ou não, o homem foi figura importante na adesão!

4:30 da tarde  
Blogger frosado said...

Para o Maracujá ler:
http://bichos-carpinteiros.blogspot.com/2007/03/rapidez-do-pedido-de-adeso-cee.html

2:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home