quinta-feira, outubro 04, 2007

Paula Rego e as Mulheres

Paula Rego inaugurou recentemente uma grande exposição em Madrid, no Museu Rainha Sofia, que consiste numa das maiores e mais completas (duas centenas de pinturas, desenhos e gravuras) mostras da sua pintura. A exposição é comissariada pelo historiador Marco Livingston e estará patente até ao dia 30 de Dezembro. As obras apresentadas, algumas das quais pela primeira vez, percorrem os 52 anos da carreira de Paula Rego. Residente em Londres, Paula Rego é, sem dúvida, uma das mais reputadas pintoras portuguesas. Nasceu em Lisboa em 1935 e é formada pela Slade School of Fine Art. "A sua obra artística - está enraizada em experiências e recordações pessoais, em perversas fantasias e na história da arte e da literatura". O Museu Rainha Sofia é um dos mais importantes museus de arte moderna de Espanha. Fico contente com este triunfo da artista. Eu gosto da Paula Rego. Muito. Já o disse aqui. Gosto sobretudo das Mulheres que ela pinta. Algumas das minhas amigas não gostam nem da pintura, nem sequer de a ouvir falar. Eu sei, eu sei. As Mulheres que ela pinta, não são mulheres glamourosas (ela própria não é glamourosa), nem daquelas que aparecem nas revistas, nem fazem plásticas, nem mudam de namorado ou marido, como quem muda de camisa. Não. As mulheres dela são, na maior parte das vezes, rudes, algumas vezes solitárias, mas muito associadas à noção de família. E depois, há nelas uma sensualidade telúrica (não sei se isto se pode dizer assim :), mas é o que eu sinto), e uma combinação extrema entre força geradora e amor, afecto. São mulheres que educam e criam os filhos, que não abandonam a luta, nem a casa, nem os maridos, mesmo quando eles ficam doentes e incapacitados (tal como ela). Há nestas Mulheres muito das Mulheres da minha aldeia, daquelas que eu aprendi a amar e a respeitar .«É tudo copiado à vista», diz Paula Rego, para acentuar o carácter factual da sua obra.


Etiquetas: ,

1 Comments:

Anonymous mitó said...

Nestes quadros que escolheste:

..."não são mulheres glamourosas..." -> plenamente de acordo!

"São mulheres que educam e criam os filhos...
...muito associadas à noção de família" -> ? ? ?

..."que não abandonam a luta, nem a casa, nem os maridos..." -> acredito!

Bom, parece-me que entre "o oito e o oitenta"....... há..... "os logo a seguir"... :)

9:46 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home