terça-feira, abril 14, 2009

Soeiro Pereira Gomes

faria agora 100 anos. Foi um dos grandes nomes do neo-realismo literário em Portugal. O seu livro "Esteiros", dedicado aos "filhos dos homens que nunca foram meninos», é uma obra comovente, de profunda denúncia da injustiça e da miséria social, que conta a história de um grupo de crianças que desde cedo abandona a escola para trabalhar numa fábrica de tijolos.

Etiquetas:

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Olá, sou contista e moro no Brasil. Gostaria de saber mais sobre Soeiro Pereira.
Grato,
Ramon Franco, e-mail,
monfranco8@hotmail.com
Marília, (São Paulo - Brasil)

10:14 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

infelizmente perdi algures exactamente esta edição dos esteiros. obra literária que marcou todos quantos a leram. julgo até, que em determinada altura, pós 25 Abril, foi de leitura obrigatória em algumas escolas. recordo-me de na escola de minha filha ter sido.rc

12:01 da manhã  

Publicar um comentário

<< Home