quinta-feira, janeiro 19, 2006

Coimbra- a ponte pedonal

Grandes passeios nos esperam em cima desta ponte, que está em vias de acabamento, conforme se pode ver do projecto. Coimbra ficará assim muito mais virada para o seu rio, que desde a construção da Barragem da Aguieira deixou de ser chamado o Bazófias (porque no verão, ficava praticamente seco e quando chovia transbordava e inundava a baixa da cidade) para patentear um caudal de água navegável durante todo o ano.
PS -segundo li, já não sei onde, a Quinta das Lágrimas vai beneficiar da construção dum Jardim Medieval. Quais serão as contrapartidas para a Cidade? Terá algumas? (isto são apenas perguntas inocentes de quem paga impostos, incluindo os Camarários)
PS1- O meu amigo JD, sempre atento e bem informado, corrigiu a minha grande ignorância, através do comentário que se segue:
"Fátima: O Mondego já tem água em Coimbra não por causa da barragem da Agueira, mas devido ao açude-ponte um pouco a jusante da cidade. Se estivessemos dependentes da barragem estávamos à seca (até no Inverno). O açude trouxe um espelho de água a Coimbra (... mas lixou as lampreias!).De qualquer modo o que eu queria chamar a atenção é que tendo desaparecido a "vida ribeirinha" transportamos para a beira-rio o divertimento e o lazer. Assim sendo, devemos estar atentos ao modo como tratam o rio.JD "
Obrigada, os amigos também servem para estas coisas. Contigo aprendo sempre!

4 Comments:

Blogger Desambientado said...

Que saudades de Coimbra e dos amigos que aí estão!

Coimbra continua linda, como há séculos.

3:41 da tarde  
Blogger FSilva said...

Ai a minha Coimbra ! Está um pouco diferente... No Verão tomavamos banho no rio (poças) e as lavadeiras lavavam a roupa no rio.

6:36 da tarde  
Blogger Cristina Mendonça said...

"Coimbra, tem mais encanto, na hora da despedida...".
A primeira vez que visitei Coimbra fui assaltada por uma comoção que me surpreendeu. Comovi-me bastante, principalmente ao visitar a sua Universidade...

9:24 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Fátima: O Mondego já tem água em
Coimbra não por causa da barragem da Agueira, mas devido ao açude-ponte um pouco a jusante da cidade. Se estivessemos dependentes da barragem estávamos à seca (até no Inverno). O açude trouxe um espelho de água a Coimbra (... mas lixou as lampreias!).
De qualquer modo o que eu queria chamar a atenção é que tendo desaparecido a "vida ribeirinha" transportamos para a beira-rio o divertimento e o lazer. Assim sendo, devemos estar atentos ao modo como tratam o rio.
JD

10:04 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home