segunda-feira, março 06, 2006

A Ilha Terceira

Já tinha estado duas vezes nesta terra linda, que tem dado grandes vultos à cultura nacional. Sempre a achei simplesmente maravilhosa, não é sem razão que Angra do Heroísmo é Património da Humanidade. Desta vez, tivemos uma excelente cicerone: a Patrícia Noronha, filha duma amiga da Rosa, que teve a gentileza de nos levar a visitar a maior parte das coisas importantes e lindas da Ilha, apesar de ter chovido um pouco. Foi a beleza e o colorido dos altares do Espírito Santo, foi a magnífica Sé de Angra do Heroísmo(aqui fotografada à chuva, mas mesmo assim linda), duas vezes destruída, (uma vez por um sismo, outra por um incêndio), mas duas vezes reconstruída, foi a ida aos Biscoitos, à Serreta, ao Monte Brasil, ao monumento à Memória de Dom Pedro, à serra de Santa Bárbara, à casa das tias do Vitorino Nemésio, etc, Portanto, quero agradecer à família Noronha o carinho, mas à Patrícia em especial, porque é jovem, generosa e meiga e porque me disse: primeiro sou Angrense, depois Terceirense, depois Açoriana e depois Portuguesa - gosto de pessoas com afectos e convicções. Gostei de ti Patrícia.
PS- Este post é dedicado a todos os meus amigos da Terceira.



8 Comments:

Blogger FSilva said...

É um roteiro fotográfico ! Estão lindas.

Vou gravar um CD para mandar com as minhas e fico esperando também as tuas.

5:05 da tarde  
Blogger frosado said...

O Luís vai-te mandar as dele tb. bjs

5:07 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Bom,
Saudades da Terceira desta vez, não houve tempo. Tenho um fascinio pelos altares do Espirito Santo, a combinação de cores recorda-me os templos Hindús que encontrei nos arredores de Goa, quando lá estive a fazer um Doc. para a GReportagem (RTP-1981). Bons tempos, velhos horizontes.
luisMONTE

5:18 da tarde  
Blogger Desambientado said...

Fátima.

Vê-se o carinho nas tuas fotos, apesar da chuva...

10:15 da tarde  
Anonymous mitó said...

Que romaria de saudade me conseguiste imprimir!...

A reportagem fotográfica também está bem apanhada. A Sé está uma maravilha! A última vez que a vi era uma ruína, com uns amontuados de pedras à periferia, à espera de ser reconstruida.

10:24 da tarde  
Blogger AnaMCarvalho said...

estou a adorar a viagem aos Açores

11:20 da tarde  
Anonymous mitó said...

Ó Luis: - os horizontes são como o "homem" quizer...

12:15 da manhã  
Blogger azoriana said...

Espectacular. Excelentes fotos. Reconheci todas mas há 2 que são especiais para mim: as da Serreta. Ainda bem que visitou a Serreta.
Cumprimentos

11:50 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home