domingo, março 19, 2006

Malassadas - para adoçar o seu domingo

Não há Carnaval nos Açores, sem malassadas, mas também é comum noutras épocas do ano. Estas, deliciosas, foram feitas pela minha vizinha Inês, que não deixa que me falte nada! Obrigada.

13 Comments:

Blogger Desambientado said...

A minha mãe tambem fazia e aqui chamavamos filoses de certã.

2:10 da tarde  
Blogger FSilva said...

Nas "minhas terras" Pico e Faial também se chamam filoses. Essas da tua vizinha Inês eram tão boas... Eu que o diga !

6:09 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Com esse mesmo nome "malassadas"
são também uma presença omnipresente na mesa madeirense...
no Entrudo e fora dele!

9:12 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

a redundância "presença omnipresente" é só para salientar, sem querer levantar qualquer rivalidade insular.
As malassadas como-as, desde que bem feitas, em qualquer lugar... até na Conchichina!
JD

9:28 da tarde  
Blogger frosado said...

ai a ciumeira...mas eu tb gosto de bolo de mel e de milho frito...

9:40 da tarde  
Anonymous Mulher do Mar said...

Então e a receita, onde está a receita, venha ela dos Açores, da Madeira ou da Cochinchina?

10:01 da tarde  
Blogger frosado said...

Receita das malassadas (a pedido)

1 kg de farinha 30 grs de fermento de padeiro (compra-se na Padaria) 5 ovos sal q.b. água morna q.b. (há quem junte umas gotas de águardente ou outro tipo de álcool)

Num alguidar, deita-se a farinha e faz-se um buraquinho no meio, onde vamos deitar o fermento de padeiro, já desfeito num pouco de água morna. Depois destes bem envolvidos deita-se um pouco de água morna, já com um pouco de sal grosso, para envolver melhor. Juntam-se os ovos inteiros e conforme a textura da massa adiciona-se mais água ou mais farinha. Amassa-se bem até ficar bem ligado, numa massa homogénea, nem nuito mole, nem muito dura. Bate-se até a massa fique fofa e até fazer bolhas. Deixa-se levedar entre 1h e 1h30 . Depois frita-se em óleo não muito quente, deitando pequenas porções esticadas com as mãos, na fritadeira. Podem ser Comidas molhando-as em mel ou se não tiver, polvilhe-as com açúcar e canela.

11:31 da tarde  
Blogger FSilva said...

Estou com água a crescer na boca...

11:54 da tarde  
Anonymous Mulher do Mar said...

Uhm, uhm.
Obrigada pela receita.

12:38 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Ficam óptimas "molhadas" em mel de cana de açucar.

10:52 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

JD denunciou-se!

Da Madeira, JD, e a viver em Coimbra..., conluo eu!

3:27 da tarde  
Anonymous Ines Froes said...

esta receita é muito parecida à das minha malassadas, mas a minha receita n a dou, só a darei a minha vizinha Fátima, ahaha

3:57 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Este ano tambem me apeteceu saborear novamente as malassadas madeirenses. Ao fim de 26 anos, bateu uma saudade superior à preguiça de as fazer.

10:08 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home