terça-feira, abril 24, 2007

A Filha Rebelde no Teatro Nacional

Porque hoje é a véspera do 25 de Abril, esse dia de todos os sonhos e de todas as utopias, pelo menos para a grande maioria das pessoas da minha geração, quero dizer-vos que, é praticamente obrigatório ir ver esta peça: A Filha Rebelde. A peça é baseada na vida de Annie Silva Pais, filha única do último director da PIDE, o Major Fernando Silva Pais, casada com um diplomata suíço. Annie depois da sua estadia em Cuba e de um encontro com Che Guevara, por quem se apaixona, dá uma reviravolta na sua vida de dondoca privilegiada e entrega-se integralmente à revolução cubana e aos seus ideais. Também nos mostra como é que uma mulher determinada e voluntariosa naqueles tempos tenebrosos se consegue libertar, tomar conta da sua vida e dar-lhe um sentido. Annie envolve-se numa profunda luta de valores e convicções, só regressando a Portugal após o 25 de Abril para ir visitar o pai à prisão. A coragem será uma das principais marcas de Annie, que assim se torna heroína duma peça onde o drama, a traição, os afectos, a morte e os combates políticos se cruzam naquela que é uma história de vida rara e exemplar.
Se puder vá ver esta história romântica, verídica que emociona aqueles e aquelas que, como eu, tiveram, em tempos, um poster de Che Guevara, no quarto!!!

Etiquetas:

2 Comments:

Anonymous jose augusto soares said...

Li o livro quando foi editado, e ainda que tivesse conhecimento da "história", gostei.

Lá estarei para ver a peça!

6:28 da tarde  
Blogger nanda said...

Tenho um poster do Che, não no quarto

10:03 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home