quarta-feira, janeiro 25, 2006

Mais Um - Matou a mulher à facada!

14 Comments:

Blogger AisseTie said...

Nunca vi nenhuma queixar-se!

10:10 da manhã  
Blogger frosado said...

Sacaninha! Não percebo porque é que te identificas com os espécies enumerados!!!eh!eh!eh!

10:18 da manhã  
Blogger AisseTie said...

Conclusão precipitada, eu só disse o que disse.

11:46 da manhã  
Blogger AisseTie said...

E protesto: está sempre a insultar-me! Aqui e no meu blog!

11:47 da manhã  
Blogger Caiê said...

Será porque os FDP culpam as mulheres (e mães) da vida que têm? Vêem-mas, possivelmente, como uma representação do mundo todo?

4:59 da tarde  
Blogger Desambientado said...

A grande questão que se pode colocar: Como ninguém detecta esses desiquilíbrios antes? Será que essas manifestações são repentinas? Se são, começo a ficar preocupado.

5:52 da tarde  
Blogger frosado said...

Caiê, as mães, às vezes, têm culpas - algumas exigem muito pouco dos rapazes!

6:25 da tarde  
Blogger frosado said...

Desambientado, alguns desequilíbrios detectam-se antes, basta ver a maneira mal educada com que, às vezes, os filhos falam com os Pais, mas outros são patologias mesmo e outros muito alcool também, acho eu. Sei lá! Mas incomoda-me que as mulheres sejam sempre as primeiras vítimas!

6:32 da tarde  
Blogger Caiê said...

Sim, alguns pais tratam filhos e filhas de modo bem diferente...


Pessoalmente, acho que muitas pessoas vivem com outras que estão (são?) mentalmente desiquilibradas, mas é difícil dar aquele passo e terminar a relação. Pensamos sempre que podemos ajudar. Nunca pensamos que aquilo vai resvalar até ao último ponto de violência. Na verdade, culpamo-nos sempre pelas demências alheias... mesmo que sejam genéticas, ou o que forem. Há uma terrível tendência feminina (ainda que não generalizada) para a auto-culpabilização.
Digo isto, porque já tive oportunidade de falar com várias mulheres vítimas de violência e todas tinham um certo discurso de "será que a culpa é minha?"

Já agora... Também há homens vítimas de violência. Mas têm, ainda, mais vergonha de falar nisso...

9:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Já agora, falemos também dos modelos culturais que demoram a modificar-se e na réplica do comportamento que viram no pai...
Cristiana

10:02 da tarde  
Blogger Abibir said...

Terá sido legitima defesa?:)

10:10 da tarde  
Blogger frosado said...

Abibir, é capaz é! são muitas "legítimas defesas", para ser verdade.

10:48 da tarde  
Blogger Zeak said...

É o que têm mais à mão da(faca).
Post no Plagiadíssimo.
Fica bem

2:06 da manhã  
Blogger Desambientado said...

Pois é Fátima.

Não creio que sejam sempre as mulheres a ser as primeiras vítimas: são também as crianças, no fundo são os fisicamente mais débeis

8:54 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home