quinta-feira, novembro 15, 2007

Saindo, lentamente, da Bursite

Como já devem saber, Bursite é uma inflamação de uma das 160 "bursas" (é como uma pequena bolsa cheia de líquido, que tem a função de proteger os tecidos ao redor de algumas articulações), que temos espalhadas no nosso corpo. Ela impede que o osso pressione os tecidos mais moles (como os músculos e outros), causando lesões. Assim, a dita bursa, reduz o atrito entre os ossos, tendões e ligamentos. Esta minha Bursite (tenho uma amiga que me acusa de ter doenças chiques, imaginem!), que eu sinto como um poderoso elástico a puxar dolorosamente os músculos da perna desde a anca até meio da coxa e que me retém, na cama, há cerca de 15 dias, levou-me a bater grandes recordes pessoais:
nunca, desde que me lembro de mim, passei tanto tempo deitada;
nunca, desde que me lembro de mim, tomei tantos medicamentos;
nunca, desde que me lembro de mim, me vi tão dependente dos outros;
nunca, desde que me lembro de mim, me senti tão loucamente desesperada, com dores;
nunca, desde que me lembro de mim, tive tanto medo de nunca mais me levantar e andar normalmente;
nunca, desde que me lembro de mim, vi tanta série televisiva e canal Hollywood;
nunca, desde que me lembro de mim, me doeram tanto os ossos das costas, dada a posição de conforto exigido.
Mas agora, óh pandórica esperança!, já me sinto melhor. Já me aguento em pé, ou sentada, sem dor, durante uns 30 minutos. Agora já me levam à fisioterapia, sentada no banco da frente e não deitada no banco detrás.
Agora a coisa vai. Espero!

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Os seus bichos carpinteiros devem estar bonitos... Espero sinceramente que recupere rapidamente.

Um beijinho grande
Cristiana

4:07 da tarde  
Anonymous Carlos said...

Vem para cá, toma uns banhos de água quente na Caldeira Velha ou mesmo na piscina do Terra Nostra. Podem não te curar, mas haverá placebos mais gostosos?
Melhoras!
Carlos (esse mesmo, o do harém)

11:16 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Olá prima. Estamos contentes por sabermos que estás a melhorar. Realmente uns banhos nas termas das Furnas e, depois um bom cozido à Portuguesa nas caldeiras, seria remédio santo. Um beibinho da Dandi e do Carlos.

3:23 da tarde  
Blogger frosado said...

Carlos e Carlinhos, logo que esteja melhor mando-me para aí. Podes crer. Sim, acho que um banho das frunas me retempera as forças. Tenho saudades. Bjs

3:45 da tarde  
Anonymous Mónica said...

olá!
NUNCA TINHA OUVIDO FALAR EM BURSITE ATÉ QUE O MEU PROFESSOR DE HIDROTERAPIA ME DISSE QUE AFINAL O QUE TINHA NA COXA NÃO ERA DERIVADO À COLUNA. A MINHA DOR AINDA É TOLERÁVEL, FICO PIOR QUANDO CONDUZO VÁRIAS HORAS, JÁ TOMEI VÁRIOS ANTI-INFLAMATÓRIOS PRESCRITOS POR VÁRIOS MÉDICOS E FIZ GELO COM UM PACOTE DE ERVILHAS IMAGINA SÓ...MAS O BICHINHO CONTINUA A MORDER. DESEJO-TE AS MELHORAS. BJS (marinho mónica@yahoo.com)

7:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home